Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Arquitetura, para quem?

Compartilhe:
eduardo-jaeger

Durante a vida profissional é comum nos depararmos com a pergunta: Arquitetura, para quem? Se isto ainda não aconteceu, em algum momento certamente vai acontecer. Talvez, inclusive, o momento possa ser este, ao ler esta crônica.

A pergunta é quase retórica, uma vez que a arquitetura surge sempre quando alguém precisa de alguma coisa. A resposta deveria ser simples, fácil, mas nem sempre é. Porém, um fato constatado está na arquitetura como sendo uma solução formal, funcional, estética, social, ambiental e com tantas outras facetas, sempre representa um produto personalizado para alguém.

Se fosse simples, o questionamento não seria necessário. Quantas vezes o arquiteto pode dizer que conhece profundamente seu cliente? Seus anseios? Suas reais necessidades? Conhecer requer estreitar relações, algumas vezes colocar-se na sua pele. Conhecer requer aproximar-se sem com isso deixar de ver de fora. É complicado.

Um bom projeto não precisa necessariamente ser caro. Um bom projeto se paga pelo benefício e pela economia que traz ao cliente.

Mas a pergunta também pode ser feita pelo cliente, ao contratar um arquiteto. Arquitetura, para quem? A glamurização da profissão trouxe consigo um distanciamento muito grande entre os arquitetos e a sociedade, a qual pensa se tratar de um serviço caro, elitizado. Tal distanciamento transformou a pergunta em: Arquitetura, para que?

Um bom projeto não precisa necessariamente ser caro. Um bom projeto se paga pelo benefício e pela economia que traz ao cliente. Não abordo ainda a satisfação. Um bom projeto entende a necessidade, traz conforto, beleza. Por fim, um bom projeto dará a certeza ao cliente de que o investimento valeu a pena.

Quando a pergunta for: Arquitetura, para quem? A resposta deve ser: para todos!


Sobre o autor:

foto-artigo-eduardo-jaeger

Eduardo Jaeger é Arquiteto e Urbanista com atuação na Região Metropolitana de Porto Alegre/RS.

Graduado no ano de 2007, atua na área da Arquitetura civil, interiores e urbanismo.

Deixe seu comentário: